Thiber

Rod. Pedro Celete, 811 - bairro Aterrado
Tremembé - SP - (12) 3672-3604 - 3672-2547
comercial@thiber.com.br
Thiber: uma empresa
que respeita o
meio ambiente
<< Reportagens <<

Você sabia?
Para fabricar 1 tonelada de papel reciclado são usados 2.000 litros de água. Para produzir a mesma quantidade a partir da madeira gastam-se 100.000 litros.

1 tonelada de papel reciclado evita o corte de até 20 árvores.

Papel reciclável é diferente de papel reciclado :
Reciclável quer dizer que o material poderá ser reaproveitado
Reciclado quer dizer que já foi submetido ao processo de reciclagem

Para se fabricar 1 kg de vidro (= 3 garrafas de litro) é necessária a extração de 1,3 kg de areia de dunas e rios. Com 1 kg de vidro quebrado se faz quase 1 kg de vidro novo.

A energia economizada com a reciclagem de uma única latinha de alumínio é suficiente para manter uma televisão ligada por três horas. Cada tonelada de alumínio reciclado economiza a extração de 5 toneladas de bauxita.

Atualmente já se fabricam tecidos que trazem em sua composição 20% de fios de plástico obtidos das garrafas de refrigerante (cuja origem são as resinas de Polietileno Tereftalato – PET). O plástico convertido em fios, também é utilizado na fabricação de vassouras e escovas.

A deficiência na coleta de lixo aumenta incidência de doenças! As crianças de regiões onde há deficiências na coleta de lixo tem 40% a mais de chance de apresentar diarréias e doenças parasitárias e dermatológicas.

Só a constatação estatística acima já seria suficiente para nos empenharmos em recolhermos de forma eficiente o lixo que produzimos. Mas além da saúde da população, existem diversos outros motivos para efetuarmos a coleta seletiva de lixo:

  • A coleta seletiva diminui o volume de lixo que vai para os aterros sanitários, aumentando sua vida útil e evitando que as prefeituras tenham de gastar dinheiro com a construção de novos aterros.
  • Os materiais recicláveis são encaminhados para centrais de triagem mantidas por cooperativas de catadores, que têm ali um trabalho mais digno do que vasculhar recicláveis pelas ruas ou em lixões.
  • Já está em operação em algumas capitais do Brasil as usinas geradoras de energia elétrica a partir dos gases produzidos na decomposição dos aterros sanitários. A eficiencia desses aterros aumenta com a maior concentração de lixo orgânico separado para esse fim.

Quanto lixo residencial produzimos no Brasil?
A quantidade de lixo domiciliar produzida no Brasil atualmente é de 115 mil toneladas por dia. Se esse lixo fosse colocado de uma só vez em caminhões, haveria uma fila de 16.400 deles ocupando 150 quilômetros de estrada. Em apenas três dias, essa fila ultrapassaria a distância entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Cerca de 30% de todo o lixo é composto de materiais recicláveis como papel, vidro, plástico e latas. Tirar esses materiais do lixo traz uma série de vantagens. Uma delas é recursos naturais e de energia que se faz com a reciclagem. Cada lata de alumínio reciclada, por exemplo, economiza energia elétrica suficiente para manter uma lâmpada de 60 watts acesa por quatro horas. E a reciclagem de 100 toneladas de plástico evita o uso de 1 tonelada de petróleo.

Dicas para Separação do Material Reciclável 
  • os vasilhames (vidros, latas e plástico) devem se lavados após o uso, para evitar o mau cheiro;
  • as latas, devem estar com suas tampas pressionadas para evitar acidentes;
  • os papéis devem estar secos e, de preferência não amassados;
  • os vidros quebrados e outros materiais cortantes devem ser embalados em papel grosso para evitar acidentes.