Uma Parceria para Incentivar a Reciclagem, Jundiaí-SP

Coletar pelo menos duas mil toneladas de material reciclado por mês e ainda transformar o espaço Armazém da Natureza em um modelo nacional de programa voltado para a reciclagem do lixo. Esta é a proposta da Prefeitura de Jundiaí e da empresa 14 de Dezembro que, firmaram uma parceria para reforçar a coleta de material reciclável daquele município do interior paulista.

Ainda longe da meta, atualmente o Armazém da Natureza, localizado no Distrito Industrial II, recebe cerca de 600 toneladas por mês de material reciclável. Desse total, 10% correspondem a embalagens longa vida; 7% são garrafas PET; 17% correspondem a papelão; 0,5% são latinhas de alumínio e 1% papéis mistos.

Por enquanto o projeto ainda é totalmente mantido pela Prefeitura Municipal, essa parceria prevê, num prazo de 4 anos, uma redução gradual da destinação de recursos financeiros públicos, até que o Armazém consiga atingir seus objetivos com autosuficiência.

Faz parte do projeto, atingir duas mil toneladas por mês, a implantação da coleta seletiva duas vezes por semana. Além disso, a meta de ampliar os postos de entrega voluntária, chamados de Borboletões, hoje instalados em cinqüenta pontos da cidade.

Como primeiras medidas para a transformação do espaço, a 14 de Dezembro iniciou a construção de uma balança com capacidade para mil toneladas, a implantação de uma esteira para a seleção de materiais e a aquisição de uma máquina de briquetagem, importada da Alemanha. Foi iniciado, também, o plantio de árvores e a implantação de melhorias que personalizem o Armazém como um espaço voltado para o bem-estar.

Em seu estágio inicial de operações, a 14 de Dezembro regularizou a situação trabalhista de todos os funcionários envolvidos no projeto. Também teve início no local a construção de um refeitório e de um novo banheiro, que irão atender às necessidades dos funcionários.

A parceria com a Prefeitura inclui uma intensa campanha de conscientização que será levada para empresas, escolas e demais órgãos públicos. A campanha pretende mostrar a importância da coleta seletiva e da preservação do meio ambiente.